domingo, abril 30, 2006

-4

Diferente. Eu e você somos seres humanos porque alguem nos contou ou porque nos achamos parecidos. Questão de identidade ou tese parecida...não importa. Dias passados, tolerados e vividos, cansei da igualdade...das semelhanças. De tudo homogeneo. Daquela límpida água e dos sorrisos Kolinos, da mesma versão ou do senso comum, da canastrice do ordinário ou do final feliz. A diferença é sexy. Lembro de um amigo que ao visitar a Tailândia trouxe não só 'espiritualizações' diversas na bagagem...ao chegar aqui no Brasil refletiu sobre a beleza - em particular a feminina - e disse ao amigo aqui que a 'bela mulher' nada tinha a ver com a novela das oito. Bom, o garoto aqui na ocasião pairava sobre os doze anos de vida mas felizmente guardou as palavras do vislumbrado amigo e com o tempo passei a entender que o 'produto' que nos vendiam aos montes como na revista preferida do sr. Adorno(."Playboy"), não atendia a minha concepção de beleza também. Rememoração a parte, a beleza reside na diferença até que eu mude de idéia ou alguém me sirva com uma nova concepção. Daí em diante, tudo que é diferente tem minha atenção.

Um comentário:

Anônimo disse...

"like"