quarta-feira, maio 10, 2006

19

Quem ri demais. Eu ri demais hoje e eu ri para debochar da vida. Para agradar tudo aquilo que não tem ou faz sentido. Um dia pra eu chorar por dentro e verter lágrimas pelos dentes. Um sacríficio entre sentimentos tão ruins me rodeando. Meu amigos...meu caros, fizeram parte de um dia cinza em que eu os fiz todos coloridos...e eu não poderia deixar de pintar o mundo com as cores borradas e incompreensíveis das minhas dores e erros. Eu ri demais hoje porque eu queria berrar. Eu queria chorar para que algum Deus me ouvisse e me desse o sabor da barbárie de um momento de certeza...uma certeza de não ter errado, de não ter agido errado ou de ter sido mais um grande falseador entre tantos...mas um pouquinho da ventura daquele que olhou nos olhos da criatura amada e permitiu - como nunca antes - o acesso ao meu ser, tão bem guardado ser. Esse foi o meu erro? Não. É uma questão de ponto de vista...de quem viu? No meu caso...eu ri. Eu ri no Masp. Eu ri num ônibus. Eu ri-chorei entre as minhas crenças e um dia que parecia de arte...e de fato foi...se não fosse trágico.

Nenhum comentário: