domingo, maio 14, 2006

25

Nietzsche, The Caterpillar e o dia 25 de agosto. A história diz que o cômico senhorescravo e nas horas vagas pretendente a "übermensch" Nietzsche faleceu 25 de agosto em 1900. De fato...ele morreu. Mas antes disso ele sentenciou a morte de Deus. Essa 'coisa' de matar Deus teve tanto peso...e chocou tantos...que ofuscou boa parte de sua arte. O Deus que morreu não era somente um ícone religioso...era a verdade absoluta para muitos. Entretanto, há de se averiguar melhor as várias versões sobre o que ele tentou dizer com isso. Eu não aprecio muito essa parte de "A Gaia Ciência" a não ser o começo do aforismo sobre um louco com uma lanterna...eheheh.....isso é hilário. Caterpillar é uma bela e engraçada música do The Cure. O clipe começa com estranhíssimos barulhso feitos num violino e se concentra dentro de um orquidário com a banda tocando entre vários insetos (larvas, lacraias, borboletas, centopéias e .... um dragão chinês)...mas sem a presença da 'caterpillar girl'...Ligação entre as informações aqui? O sentido da vida...Não..."A arte...para que a verdade não nos destrua"

Nenhum comentário: