sábado, maio 06, 2006

8

Deixe-me beija-la. Nas tempestades de detritos sentimentais, não vislumbro uma situação a dois sem o minimo de lágrima recíproca. O sorriso de cada um transfere-se para o outro. Na síntese, é quase um mesmo motivo que origina um sorriso ou um orgasmo que é essa relação. Só não posso aceitar o discurso de complementariedade..."nos nos completamos"...mas quem disse eu nao vim inteiro? Inventivos construtores sem-querer da realidade que vivo...a criatividade que não tem esse nome mais - tem um outro nome, mas você não é capaz de imaginar sem perder seus sentidos. Sim...

Nenhum comentário: