domingo, junho 25, 2006

60

Minha fuga, meu refúgio e minha covardia. Há pouco meu 'lar' foi ferido. As drogas...aquilo que chamam de drogas. Esse blog...meu escape...Infelizmente o homem que eu conheço hoje ficou comedido e conservador...tem estratégias demais e um espírito muito armado. Não sabe mais de inconsequencia: Epimeteu ou Prometeu? Deixo de lado minha 'visão de mundo'...a neurose filosófica para dizer que me acovardo dentro do meu quarto achando que ele está protegido e ungido de minhas verdades...Ledo engano (Garoto idiota). Deveria considerar que minha cegueira fabricada...essa que faz com que cubra as pessoas primeiramente com suas qualidades afim de não vê-las com a minha visão animal...hobbesiana. Acredito demais nos seres humanos - nos meus queridos principalmente - e não posso deixar só a minha 'crença' prevalecer sobre os tangíveis instintos...ou seja, o soco bem dado da realidade deveria fazer mais efeito ao ponto de não me satisfazer com as minhas vontades, os meus enganos, minha autocorrupção.

Nenhum comentário: