quinta-feira, julho 27, 2006

77

A mulher do sonho da tarde (De hoje). Ao dormir essa tarde sonhei com um lugar nada novo, repleto de ambientes terrestres e coisas comuns. Ao visitar uma casa, deparei com uma bela mulher. Ela estava sentada junto a uma mesa e tirava cartas de tarôt. Ela escondia o que as cartas 'diziam' e sorria para mim...Senti que ela gostava tanto de mim que não fazia diferença o que eu era e muito menos o que fazia. Ela nao disfarçava o sentimento...Não precisei fazer nada por ela...apenas gostava de mim. Em poucos olhares eu prometi voltar para vê-la novamente...acordei. Os sonhos...me apaixonei por não sei quem...amar alguém que não existe...não é tão, digamos, convencional?

Nenhum comentário: