segunda-feira, outubro 02, 2006

102

La Vie En Rose. Agora eu sou apenas uma máquina de um deus e quero saber os meus deveres! O que ordena um servo e o que cria um criado? As estrela que lhe acompanharam até aqui...o que têm a dizer de mim? Quem proporcionou mais dias felizes na sua caminhada: você ou algém? Estaria a minha felicidade morando longe há muito tempo ou é mais uma história que me contaram a respeito da vida e eu me enganei? Eu caí ou apenas não cheguei ao chão ainda? Eu quero ser sedado ou já vivo drogado? Mereço dores para lhe dar prazer ou reconheço na razão meus sentimentos? Pra onde vou quando eu não estiver mais aqui? Há vinte e seis anos eu relembro...o quanto eu deixei o amor de lado...o quanto eu deixei para trás. Eu esqueci.

Nenhum comentário: