domingo, outubro 08, 2006

103

Carícias. É de leve que vou tocar sua pele. Desenhar com meus dedos um carinho no seu rosto e assistir o brilhar de um sorriso. É com calma que minha mão direita escorrega nas suas costas e encontra seu pescoço. Nesse lugar eu gosto de beijar e sentir teu perfume. Livre ainda sou para te querer e se não for mais assim, que dores apareçam enfim...pode deixar querida, eu lhe deixo só. Sem minhas carícias, sem meu passado e sem....você ficará bem, muito bem.

Nenhum comentário: