terça-feira, fevereiro 13, 2007

139

Com todas as cores possíveis. Alguns diriam "Como é breve o seu sorriso, jovem!". Eu digo "Nem todos conhecem as cores que tu dispõe para um autoretrato!". Parece que não há mais tempo para as pinturas que imaginei durante as últimas estações...Será que ainda posso contar com você nessa caminhada? Espero o desmoronamento desses dias...desse sim-quase-sim que falta nas minhas horas. O extermínio de algumas dúvidas e o regozijo de uma quase-certeza de abraçá-la novamente sem pensar em parar!

Nenhum comentário: